Notícia - Pensando em financiar um imóvel nos Estados Unidos? Saiba como funciona!
 Msn Notícias Publicou uma notícia no dia:25/02/19 10:35:57

Pensando em financiar um imóvel nos Estados Unidos? Saiba como funciona!



Você já pensou em comprar um imóvel nos Estados Unidos? Será que é preciso um visto especial para isso? Será que o valor é acessível ou é possível financiar como no Brasil? Para entender melhor como funciona, o Dinheirama conversou com Pablo Farias, brasileiro naturalizado americano, que atua como corretor de imóveis de grande destaque no Estado da Flórida.

Pablo vive nos Estados Unidos desde 2006, quando se mudou juntamente com sua familia para o país e, desde então, auxilia os que buscam oportunidades no setor imobiliário. Saiba mais sobre o tema!

Primeiramente, poderia falar sobre as vantagens de se comprar um imóvel nos Estados Unidos? É possível encarar a compra como um investimento para quem quer diversificar?

Pablo Farias: Investir numa propriedade nos Estados Unidos é um investimento inteligente, principalmente se for bem assessorado por um profissional que busque compreender exatamente as necessidades de quem compra e seu foco de investimento, viabilizando uma compra que atenda aos seus anseios quanto à finalidade de uso, perspectiva de valorização e liquidez atual e futura. Diante da instabilidade da moeda e do cenário econômico no Brasil, dolarizar o patrimônio ao investir em território americano é uma forma de obter estabilidade e segurança.

Na região chamada grande Orlando, o grande foco de investimento brasileiro, há duas alternativas: a primeira seria a compra de uma propriedade de temporada, que pode ser alugada normalmente a partir de uma semana (7 dias), e também pode ser utilizada pela família durante as férias, mantendo-a alugada quando o investidor retorna ao Brasil.

A segunda alternativa seria a compra em locais residenciais, onde os contratos de alugueis devem obrigatoriamente ter prazo superior a 7 meses. Estes locais possuem escolas públicas melhores que os locais prioritariamente destinados a casas de férias, apresentam alta demanda de aluguel e probabilidade de valorização do investimento no curto e médio prazo.

Qualquer brasileiro pode comprar um imóvel nos Estados Unidos ou é preciso ter algum visto especial antes de fazer isso?

P.F.: O visto de turista é perfeito para realizar a compra de imóvel na Flórida.

Como funciona o pagamento? Existe uma entrada e o resto pode ser financiado? Quem financia e como são as taxas de juros?

P.F.: O pagamento é algo simples, mas obviamente as empresas que fazem remessas de valores entre Brasil e Estados Unidos solicitam dados que esclarecem a origem dos recursos enviados. Os financiamentos nos Estados Unidos para os estrangeiros são feitos por alguns bancos com valor de entrada a partir de 30% do valor total do imóvel, e os juros ficam normalmente na  faixa de 5 a 6%, mas podem ser alterados de acordo com perfil, comprovação de renda e valor pago pelo do comprador na entrada, quando superior ao mínimo requerido de 30%. O Sistema de arrecadação dos juros e valor principal (saldo devedor sem juros) é muito parecido com a “tabela price” conhecida dos brasileiros, ou seja, maior a porcentagem de juros e menor porcentagem do principal é coletada na etapa inicial dos anos de financiamento e isso vai alterando gradativamente.

Como funciona o pagamento em si?

P.F.: O comprador do imóvel não paga nada diretamente ao corretor e, caso financiado, o comprador também não paga nada diretamente ao agente de financiamento. O pagamento deve ser feito somente numa conta em “juízo” (Escrow) do cartório americano, que deve distribuir estes recursos. Antes de transferir, confirme todos os dados bancários recebidos nas instruções de depósito (wire instructions) e sempre conte com suporte de seu corretor para te auxiliar em todas as etapas.

Por este motivo, sempre esclareço aos seguidores de minhas redes sociais e potenciais clientes para que nunca depositem dinheiro diretamente para qualquer pessoa ou empresa. De igual modo, sempre digo para que trabalhem com um corretor que forneça atendimento personalizado em todas as etapas do processo sem qualquer custo, desde encontrar um imóvel exatamente como deseja, até o suporte em todos os trâmites burocráticos.

Qual o perfil de quem consegue receber financiamento? Que tipo de comprovação de renda é aceita?

P.F.: Financiamento para estrangeiros (foreign National) não é garantido apenas pelo capital que você possui, mas principalmente por sua capacidade de comprovação de renda. O comprador não deve comprometer mais do que 30% da renda com a prestação do imóvel. Alguns bancos exigem o imposto de renda e outros não, normalmente se requer cartas de um contador como documento suficiente para essa comprovação.

Você não tem custo com o Agente de Financiamento. Os custos extras da compra de um imóvel financiado são restritos à faixa de 6% do valor da propriedade, referente às taxas de cartório “closing costs”. Cabe ressaltar que pessoas politicamente expostas (membros do executivo e legislativo normalmente) não podem fazer financiamento nos EUA.

Por fim, quanto ao financiamento, sempre oriento que tomem todo o cuidado no envio dos documentos do financiamento. Sempre verifiquem se a pessoa que vai recebê-los é ou trabalha para um agente de financiamento devidamente licenciado nos EUA.

Poderia, apenas a título de curiosidade para os leitores, dar alguns exemplos de valores de imóveis por lá?

P.F.: Imóveis novos, com base no mês de janeiro de 2019, iniciam nos valores listados abaixo. Ressaltando se tratarem de áreas residenciais, com excelente infraestrutura, perspectiva de valorização e bom índice de liquidez, como por exemplo, a cidade de Winter Garden na parte dos famosos projetos Horizon West:

– Casa geminada (Townhouse): A partir de US $ 270 mil.

– Casa em terreno separado (Single Family) sem quintal e garagem nos fundos: A partir de US $ 300 mil.

– Casa em terreno separado (Single Family) com quintal e garagem na frente: A partir de US $ 350 mil.

------ Este artigo foi escrito por Redação Dinheirama. Este artigo apareceu originalmente no site Dinheirama.A reprodução deste texto só pode ser realizada mediante expressa autorização de seu autor. Para falar conosco, use nosso formulário de contato. Siga-nos no Twitter: @Dinheirama